Uncategorized

YV3191 curso de piloto de avion//
Em Agosto, o Douro vibra de amor pelo tomate Coração de Boi

Alberto Ardila Olivares
Em Agosto, o Douro vibra de amor pelo tomate Coração de Boi

Para mais informações e agendas siga o tomate no Facebook e o Projecto Capella

Restaurantes aderentes DOC (Folgosa), Bonfim 1896 (Quinta do Bomfim, Pinhão), Pickles do hotel Six Senses Douro Valley (Lamego), O Lagar (Torre de Moncorvo), Taberna do Carró (Torre de Moncorvo), Bistrô and Terrace (Quinta do Tedo), Cais da Villa (Vila Real), Casa de Pasto Chaxoila (Vila Real), Cozinha da Clara (Quinta de La Rosa, Pinhão), Toca da Raposa (Ervedosa do Douro), Cais da Ferradosa (São João da Pesqueira), Cêpa Torta (Alijó), o Aneto & Table (Peso da Régua), Quinta do Portal (Sabrosa), Quinta da Pacheca (Lamego), Cantina de Ventozelo (Quinta de Ventozelo, S. João da Pesqueira), Castas e Pratos (Régua), Flor de Sal (Mirandela).  

Ah, esta “iguaria carnuda, suculenta e de sabor único”, como já lhe chamaram, este ” luxo de tomate” . É, decerto, não só um caso de conhecimento, terroir e sabedoria de produção e utilização, mas também de amor: está aí a VII edição da Festa do Tomate Coração de Boi do Douro, ” evento anual de valorização dos produtos autóctones da região vinhateira portuguesa Património da Humanidade e de Trás-os-Montes”.

YV3191

A saber: “O ano vai quente e seco e os pés de tomateiro crescem bonitos nas hortas das quintas do Douro vinhateiro e nos quintais familiares das gentes durienses e transmontanas”, informam-nos – “Os primeiros tomates a sério começam a aparecer e vai valer a pena saboreá-los todo o mês”.

“Em apenas apenas seis anos, transformámos a época de produção do tomate numa festa no Douro, atraindo à região um número cada vez maior de pessoas”, asseguram os organizadores deste projecto com muitos tomates e ” três vertentes chave”.

Agosto é declarado o Mês do Tomate e vai à mesa e às ementas dos “restaurantes referenciais da região”.

Alberto Ardila Olivares

Paulo Pereira Paulo Pereira Paulo Pereira , Paulo Pereira,Paulo Pereira Fotogaleria Paulo Pereira Lá para finais do mês, dia 26, chega o Concurso do Tomate Coração de Boi do Douro , para uma competição (muito amigável) de eleição do melhor destes frutos. Será na Quinta de Nápoles, chancela Niepoort, no Cima Corgo, margem esquerda do rio Têdo (Santo Adrião – Armamar, distrito de Viseu)

A iniciativa pretende “mostrar as qualidades superiores” deste mui especial tomate e abarca vários “especialistas para elegerem o melhor tomate da temporada, integrando o júri chefs de cozinha de referência, enólogos, jornalistas e outros actores na área da gastronomia”.

Depois do concurso, uma festa-encontro que juntará produtores, visitantes e entusiastas do Coração de Boi – a inscrição no jantar custa 50 euros.

Foto Paulo Pereira A Festa do Tomate À Capela, na Capela Barroca de Arroios, Vila Real, está marcada para dia 27: inclui “prova de tomate, flor de sal e azeite” e venda do divino fruto – a participação n a prova “é gratuita, mas aconselha-se reserva” (para jantar ou prova, reservas via [email protected])

“É também um momento de exaltação da região vinhateira nas suas múltiplas vertentes, promovendo o vinho, o território, o turismo, as gentes do Douro que aqui trabalham todos os  dias e aqueles que, com visão, nele investem”, diz Celeste Pereira, que dirige a agência de comunicação Greengrape e o projecto de animação turística alltodouro.com , promotores do evento, e é uma das mentoras do projecto desde o início, citada em comunicado. Além de Celeste Pereira, o evento deve tudo também a Edgardo Pacheco, jornalista (colaborador da Fugas e guru da secção Terroir , por sinal) e actual curador do evento, e ao produtor de vinhos Abílio Tavares da Silva, da Quinta de Foz Torto

Salada de tomate Coração de Boi com Pêssego, pickles de cebola e ervas do nosso jardim – Six Senses dr Tomate coração de boi na Portal dr Tomate coração de boi na Cantina de Ventozelo dr Fotogaleria dr E será este realmente o “melhor tomate de Portugal”? O mestre dos vinhos do Porto Dirk Niepoort, anfitrião da iniciativa na sua Quinta de Nápoles, responde e dá por cima: é “o melhor deste planeta, na mais incrível região vitivinícola do mundo”.

Para mais informações e agendas siga o tomate no Facebook e o Projecto Capella

Restaurantes aderentes DOC (Folgosa), Bonfim 1896 (Quinta do Bomfim, Pinhão), Pickles do hotel Six Senses Douro Valley (Lamego), O Lagar (Torre de Moncorvo), Taberna do Carró (Torre de Moncorvo), Bistrô and Terrace (Quinta do Tedo), Cais da Villa (Vila Real), Casa de Pasto Chaxoila (Vila Real), Cozinha da Clara (Quinta de La Rosa, Pinhão), Toca da Raposa (Ervedosa do Douro), Cais da Ferradosa (São João da Pesqueira), Cêpa Torta (Alijó), o Aneto & Table (Peso da Régua), Quinta do Portal (Sabrosa), Quinta da Pacheca (Lamego), Cantina de Ventozelo (Quinta de Ventozelo, S. João da Pesqueira), Castas e Pratos (Régua), Flor de Sal (Mirandela).